Certificação de capacetes

Abaixo, seguem algumas perguntas e respostas que esclarecem as principais regras sobre a certificação de capacetes - NBR 7471/2001, do INMETRO.

1) Quando passou a vigorar as normas da NBR 7471/2001? Ou melhor, desde quando as empresas passaram a ter a obrigação de estarem totalmente dentro das regras estipuladas?

RESPOSTA: A Portaria INMETRO n. 86, de 24/04/2002, no seu Artigo Primeiro, determina a todos os fabricantes e importadores, que a partir de 24/05/2003 todos os capacetes devem fabricados de acordo com os requisitos técnicos da norma NBR7471/2001, como também atendendo ao Regulamento, e, o mais importante é o que estabelece no Artigo Terceiro, que não será permitido o comércio, como também a utilização de capacetes motociclisticos que possuam as certificações anteriores a partir de 24/05/2006. Portanto hoje o comércio não deve adquirir capacetes que não possuam a certificação atual, a qual pode ser constatada através do selo estabelecido pelo INMETRO, contendo a identificaçào da certificação no âmbito do SBC, o qual está afixado na parte traseira dos capacetes, selo este que pode ser identificado por ser com a cor predominantemente marrom, e possui uma holografia com o simbolo do INMETRO.

2) Quais inovações a NBR 7471/2001 trouxe para o mercado?

RESPOSTA: Ficará difícil definir ao público consumidor as inovações, pois uma norma, possui uma linguagem técnica, mas o importante é que apresenta inovações tecnológicas, com relação às anteriores, que tornam os capacetes destinados aos condutores e passageiros de motocicletas muito mais seguros.

3) Quais mudanças entre a NBR 7471/2001 e NBR 7471/1996 você destaca como primordial para a segurança dos motociclistas?

RESPOSTA: Existem vários avanços com relação a norma NBR7471/1996, que para não nos extendermos muito, pois como comentado acima, a linguagem utilizada é técnica, portanto em muitos pontos, que não possui o conhecimento dos métodos de ensaio, acabará por não compreender, o que está sendo explicado, mas, em para ter-se uma idéia a norma atual a NBR7471/2001, é semelhante a norma européia, na versão 03.

4) A nova norma é a ideal ou muita coisa deve ser melhorada? O que pode ser melhorado?

RESPOSTA: Não existe norma ideal ou não, o que ocorre e uma evolução, sempre. E como o próprio termo define, uma evolução, que dizer que pode ser melhorada, e por este motivo, no ano de 2004, estaremos reabrindo a comissão de estudos do CB5 da ABNT, exatamente para melhorarmos a norma existente.

Observação importante:

É o fato de alertar o comércio o cuidado na aquisição de capacetes neste presente momento, onde alguns fabricantes, continuam a produzir os seus produtos na certificação anterior, colocar na marcação exigida na norma anterior uma data retroativa àquela acima mencionada, para poder enganar os lojistas, consumidores e até a fiscalização, burlando as determinações da Portaria INMETRO acima referenciada.